Categoria: Emagrecer

como emagrecer

Na categoria Emagrecer, Salve Saúde revela 3 passos simples para perder peso rápido, além de muitas dicas efetivas para perder peso. Tudo isso apoiado pela ciência.

Existem muitas maneiras de perder muito peso rapidamente. No entanto, na maioria delas você vai passar fome e ficar insatisfeito.

Se você não tiver mutia força de vontade, em seguida, a fome vai fazer você desistir rápido dessa ideia. Mas existem maneiras de facilitar

O plano de emagrecimento descrito aqui vai ajudar a:

  • Reduzir o seu apetite de forma significativa.
  • Fazer você perder peso rapidamente, sem fome.
  • Melhorar a sua saúde metabólica.

Aqui é um simples de 3 passos plano para perder peso rápido.

A parte mais importante é eliminar açúcar e amido (carboidratos).

Quando você fizer isso, seu o nível de fome diminui e você acaba comendo muito menos calorias.

Agora, em vez de queimar os carboidratos, seu corpo começa a se alimentar da gordura armazenada.

Outro benefício do corte de carboidratos é que ele reduz os níveis de insulina, fazendo com que seus rins para derramar o excesso de sódio e água do seu corpo. Isso reduz o inchaço e o excesso de água.

Por Isso, é comum perder até 5 quilos (às vezes mais) na primeira semana ao comer dessa maneira, tanto no corpo como gordura e peso da água.

Ao cortar os carboidratos, você vai começar a comer menos calorias automaticamente e sem passar fome.

Resumindo, o corte de carboidratos ajuda a emagrecer de forma automática.

RESUMO: Remoção de açúcares e amido (carboidratos), a partir de sua dieta vai reduzir o seu apetite, reduzir os níveis de insulina e fazer com que você perca peso sem passar fome.

2. Comer Proteína, Gordura e Legumes

Cada uma de suas refeições devem incluir uma fonte de proteína, uma fonte de gordura e legumes low-carb.

A construção de suas refeições, desta forma irá trazer automaticamente a sua ingestão de carboidratos em intervalo recomendado 20–50 gramas por dia.

Fontes de Proteína

  • Carne: Carne bovina, frango, carne de porco, cordeiro, etc.
  • Peixes e frutos do mar: o Salmão, a truta, camarão, etc.
  • Ovos: os ovos Inteiros com as gemas são os melhores.

A importância de comer uma boa quantidade de proteínas não pode ser exagerada.

O alto teor de proteína das dietas também pode reduzir os desejos e pensamentos obsessivos sobre comida em 60%, isso pode fazer você automaticamente comer menos 441 calorias por dia — apenas por adicionar de proteínas à sua dieta.

Quando o foco é emagrecer, a proteína é o o rei de nutrientes.

Legumes Low-Carb

  • Brócolis
  • Couve-flor
  • Espinafre
  • Tomates
  • Repolho
  • Acelga
  • Alfaces
  • Pepino

Não tenha medo de colocar esses low-carb legumes no seu prato. Uma dieta baseada principalmente em carnes e vegetais contém toda a fibra, vitaminas e minerais que você precisa para ser saudável.

Fontes de Gordura

  • Azeite de oliva
  • Óleo de Coco
  • Óleo de Abacate
  • Manteiga

O ideal é comer de 3 a 4 refeições por dia.

Não tenha medo de comer gordura, principalmente se reduzir o consumo de carboidratos. Uma alimentação com baixo teor de gordura é uma receita para o fracasso. Pois você vai se sentir mal e vai querer abandonar o plano rapidamente.

RESUMO: Montar cada refeição com uma fonte de proteína, uma fonte de gordura e legumes com baixo teor de carboidratos.

3. Exercício Físico 3 Vezes Por Semana

Você não precisa, necessariamente, fazer exercício para emagrecer com este plano, mas é recomendado.

A melhor opção é ir para a academia 3–4 vezes por semana. Fazer uma atividade aeróbica e levantar alguns pesos.

Por levantamento de pesos, você vai queimar muitas calorias e evitar que seu metabolismo fique lento, o que é um efeito colateral comum de perda de peso.

Estudos sobre dietas low-carb comprovam que você pode até mesmo ganhar um pouco de massa muscular durante a perda de quantidades significativas de gordura corporal.

Se o levantamento de pesos não é uma opção para você, em seguida, fazer alguns exercícios cardiovasculares, como caminhada, corrida, ciclismo ou natação será suficiente.

RESUMO: é melhor fazer algum tipo de treinamento de resistência, como o levantamento de peso. Se isso não é uma opção, exercícios cardiovasculares também são eficazes.